quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Capeta, fingindo ser Deus, encolhe o salário mínimo

Capeta, fingindo ser Deus, encolhe o salário mínimo


Os disfarces do Capeta: "Brasil acima de tudo. Deus acima de todos."


Os disfarces do Capeta são múltiplos.
Como também é notória sua habilidade em ludibriar tolossauros.
Enquanto vocifera discursos ordinários (“nossa bandeira jamais será vermelha” e afins), o Beiçudo surrupia mais um naco do raquítico salário mínimo dos mais pobres. O truque é manjado e simples, mas ainda permanece exótico e impenetrável para os adoradores do Cabrunco que, entre embasbacados e desapercebidos, aplaudem os malfeitos destinados a desgraçar a vida dos mais humildes.
Robin Hood às avessas, o Cramulhão transfere ainda mais privilégios aos super-ricos, beneficiários diretos do governo dos patrões representado pela figura tosca do Lucífer tupiniquim.
Ao dizimar as mínimas proteções jurídicas que resguardariam interesses dos mais vulneráveis, Satanás deixa o caminho aberto a toda a sorte de perversões dos “cidadãos de bem” que compõem seu (des)governo.
Sem freios, Graxumão ativa a já azeitada e tradicional máquina de concentração de renda dos Tristes Trópicos, sob a cumplicidade do aparato repressivo do Estado, cuja vista grossa abona a marcha batida de insensatez.
Na imprensa corporativa a receptividade é tão exagerada e sem dissimulações, que Graxumão confina seus acólitos “jornalistas” em um cercadinho sem pão nem água, ademais proibindo o porte de maçã, fruta vermelha e exclusiva de comunistas.
O partidarismo do Judiciário é demasiadamente declarado e altissonante. Desse modo, o Cão nem precisa mais utilizar rédeas, dada a servidão voluntária e interesseira daqueles membros ser retribuída com altos cargos.
Vaidades compradas, o Espírito das Trevas passeia com desenvoltura em sua missão de cevar bilionários e, ao mesmo tempo, impor sacrifícios ainda mais inenarráveis à multidão historicamente excluída.
Sem demora, a Besta Fubana espalha seu hálito reacionário em todas as repartições perseguindo dissidentes com a fúria inaudita de suas Forças Armadas, cultivadoras e adeptas de esdrúxulo patriotismo do estrangeiro (ou seja, soberania abaixo de zero e subserviência aos ianques em temperaturas infernais).
Entretanto, o Tinhoso está visivelmente nervoso.
Sabe o Beiçudo que mesmo com todos os laranjais de queirozes, os améns de marinhos-santos-saads-etc. e de macedos-malafaias-soares-santiagos-etc. são insuficientes para sujeitar a todos.
Irrequieto, Zarapelho resmunga às escondidas a respeito de sua incapacidade de vergar esquerdopatas-bolivarianos.
Mefisto conta com legiões de analfabetos políticos a gritar delirantemente: “Mito, mito, mito.”
Mas o Encardido, mesmo com todos os seus poderes, jamais terá o consentimento da crescente resistência que se forma para combatê-lo.
Belzebu, Pé de Bode, Suco de Sangue, Coisa-Ruim, Exucaveira etc., ciente da impossibilidade de enganar a todos, resmunga — nos recantos dos palácios usurpados por fake news e outros crimes referendados pela “justiça” burguesa — maldições aos intrépidos lutadores pela democracia.
“A História acabou”, insistem os idiotas ao repetir ad nauseam o mantra do Espírito-de-Porco.
Porém, os inumeráveis queixumes e balbucios, as intermináveis noites insones e as irrefreáveis tremedeiras do Diabo indicam que há muito combate pela frente e, portanto, a luta continua.

*****
  
#SequestrodeLula
Sequestro de Lula é luta de classes.
Sequestro de Lula chega aos 272 dias.
Moro beneficiou Bolsonaro, que beneficia Moro.
#LutadeClasses
#LulaLivre
Marielle e Anderson assassinados em 14/03/2018.
295 dias.
Permanecem impunes mandantes e executores.
#justiçaburguesa


*****


Confira:

Tolossauros, espertossauros e outras notícias da Idade da Pedra no século XXI


Michelle Bolsonaro, #CadeOQueiroz ?


Al Capone sabe onde está o Queiroz #CadeOQueiroz


Deus pede abrigo na embaixada chinesa e requer naturalização


Toffoli tem uma toga de criptonita


Marco Aurélio manda cumprir a Constituição e Lula deve ser solto #LulaLivre


Rasga Coração: é melhor ler o livro. Por Agenor Bevilacqua Sobrinho


 


Confira também:

a) Os livros da Editora Cia. Fagulha podem ser adquiridos diretamente pelo site da editora:


b) Na Livraria Martins Fontes Paulista
Av. Paulista, 509 - São Paulo-SP
Tel.: (11) 2167-9900;

c) Na Livraria Martins Fontes Vila Nova
Rua Dr. Vila Nova, 309 - São Paulo-SP
Tel.: (11) 3539-2080;

d) Na Livraria Augôsto/Augusta
Rua Augusta, 2161 - São Paulo-SP
Tel.: (11) 3082-1830.

e) E na Livraria Blooks
Rua Frei Caneca, 569, 3º andar - São Paulo-SP
Tel.: (11) 3259-2291.









ATENÇÃO: Agora, a Cia Fagulha também distribui:



Nenhum comentário:

Postar um comentário