quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Paulo Guedes, o posto Ipiranga do Bozonazi, propõe imposto de renda Robin Hood às avessas, ou seja, tira dos pobres para dar aos ricos.


Paulo Guedes, o posto Ipiranga do Bozonazi, propõe imposto de renda Robin Hood às avessas, ou seja, tira dos pobres para dar aos ricos.

 
 Precisa desenhar ainda mais?
Atualização da postagem em 23/09/2018



Chega de contemporizar.
Quem vota no Coiso não é "anti-PT", é nazista mesmo. 
#EleNão
IR do Coiso é fascismo: devastadora para pobres.
Classe média também é prejudicada.
Somente os ricos e bilionários são beneficiados.
Plutocracia: governo dos ricos.


ATENÇÃO:

Além dos mais pobres, altamente penalizados, as classes médias serão também muito prejudicadas.

Observe que as reduções de 22,5% para 20% e de 27,5% para 20% são aparentemente favoráveis. Mas é uma aparência nominal.

Acompanhe a tabela.

Mesmo quem ganha até R$ 10.000,00 pagará mais imposto.

Não caia no embuste fascista!
 
 
Mortal: Dupla Coiso / Paulo Guedes
 
Paulo Guedes caguetou parte do saco de maldades do Coiso.
Entre outros males e retrocessos defendidos pela chapa nazifascista, o segredo revelado provocará:
 
a) Erosão de intenções de votos do Coiso entre os, até então, desavisados.
 
b) Entre rematados idiotas, fanáticos bolsominions, não há previsão de cura. 
 
c) Pobres identificam nitidamente seu inimigo de classe.
 
d) Classes médias esclarecidas, não boçalizadas, entendem que o Coiso é desgraça.
 
e) Apenas nazifascistas, que se identificam com as propostas intolerantes, violentas e de ódio do Coiso permanecerão com o BoçalNato.


 

Imposto de Renda – COMPARE


TABELA ALÍQUOTA ATUAL – vigente.


PROPOSTA REGRESSIVA - Paulo Guedes – Bozonazi #EleNão - proposta fascista.

Aumento de impostos para os mais pobres e a classe média.

Redução de impostos para os mais ricos.


PROPOSTA PROGRESSIVA - Fernando Haddad

Isenção até 5 salários mínimos. 

Aumento de impostos para milionários.


Base de cálculo mensal, em R$  
Alíquota atual
Paulo Guedes - Bozonazi
Fernando Haddad
isenção até 5 salários mínimos

Até 1.903,98

isento

20%

isento
De 1.903,99 até 2.826,65
7,5%
20% (+ 167%)
isento
De 2.826,66 até 3.751,05
15%
20% (+ 33,9%)
isento
De 3.751,06 até 4.664,68 
22,5%
20% (- 11,1%)
isento até
4.770,00 (2018)
5.030,00 (2019)
Acima de 4.664,68
27,5%
20% (- 26,95%)


Nem mesmo a redução nominal de alíquotas para setores da classe média (4ª e 5ª faixas), que produziria a falsa sensação de alívio, não consegue esconder o fato de que até mesmo quem ganha até R$ 10.000,00 pagará mais Imposto de renda comparado com a tabela atual.


Proposta de Paulo Guedes - Bozonazi

Rendas menores

Até 1.903,98, que pela tabela atual eram isentos, passam a pagar 20%.

De 1.903,99 até 2.826,65: Aumento de 167% na alíquota (de 7,5% para 20%). 

De 2.826,66 até 3.751,05: Aumento de 33,9% na alíquota (de 15% para 20%).


Rendas maiores

De 3.751,06 até 4.664,68: Redução de 11,1% (de 22,5% para 20%).

Acima de 4.664,68: Redução de 26,95% (de 27,5% para 20%).




Proposta de Fernando Haddad

Salário mínimo - Referência 2018:
R$ 954,00 x 5 = até R$ 4.770,00 - isento

Salário mínimo - Referência 2019 (proposta orçamentária):
R$ 1.006,00,00 x 5 = até R$ 5.030,00 - isento


Enquanto Fernando Haddad quer cobrar mais de quem tem mais, 

Paulo Guedes aponta na direção inversa: tirar de quem tem menos e dar a quem tem mais. 



Proposta de Paulo Guedes

Robin Hood às avessas
Proposta de Paulo Guedes, o posto Ipiranga do Coiso, é um tipo de Robin Hood às avessas: tira dos pobres para dar aos ricos.

Rendas menores:
Cria taxação de 20% para quem antes era isento (salários até 1.903,98).

Aumento de 167% na alíquota (de 7,5% para 20%) para quem ganha de 1.903,99 até 2.826,65.
Aumento de 33,9% na alíquota (de 15% para 20%) para quem ganha de 2.826,66 até 3.751,05.

Rendas maiores:
Redução de 26,95% (de 27,5% para 20%) para quem ganha acima de 4.664,68.

Não se iluda.

Mesmo quem ganha R$ 10.000,00 pagará mais imposto de renda.

A proposta de Paulo Guedes / Coiso atende apenas aos interesses de ricos e bilionários. 

Somente quem é inimigo dos pobres pode aceitar tamanha regressividade de impostos, que configura imensa injustiça econômico-social.
Fascismo tupiniquim tem por característica o profundo ódio aos pobres, entre outros segmentos historicamente perseguidos pela elite retrógrada do país.
Ricos são muito beneficiados.
Mais pobres são largamente penalizados.
Alerta aos desavisados: Bozonazi é o candidato dos ricos.
#BozonaziCandidatoDosRicos

  

*****



#SequestrodeLula

Sequestro de Lula é luta de classes.

Sequestro de Lula chega aos 166 dias.

#LutadeClasses

#LulaLivre


Democracia ou barbárie.


#HaddaÉLula

#HaddadPresidente




Confira:

 

Pitacos em formato de ippon - 2

 

Nazismo é de extrema-direita. Bolsonaro é de extrema-direita: misógino, machista, racista, intolerante, ou seja, expressão da barbárie


#AoVivo Fernando Haddad, o candidato de Lula, em entrevista ao UOL, Folha, SBT


Haddad: A Globo é investigada

 

Salmo da Rede Globo: do golpe de 1964 até sempre. O golpe é o meu guia, nada me faltará

 

Não vote a favor de quem votou contra você. Deputados/as Federais de SP que votaram na PEC 241 de retirada de direitos e paralisação dos investimentos pelos próximos 20 anos em saúde, educação, assistência social, segurança pública


Profissionais da violência


Lula: Quero pedir, de coração, a todos que votariam em mim, que votem em Haddad

 

Candidato do Lula, Fernando Haddad ganha no 1º turno




Confira também:

Os livros da Editora Cia. Fagulha podem ser adquiridos diretamente pelo site da editora ( www.ciafagulha.com.br ) ou na Livraria Augôsto/Augusta (Rua Augusta, 2161 - São Paulo-SP).

Para entender o golpe de 2016:





Nenhum comentário:

Postar um comentário