sábado, 24 de setembro de 2016

Para entender o golpe de Estado 2016. Democraticida e Democraticídio



Para entender o golpe de Estado 2016.
Democraticida e Democraticídio



Canalhódromo: Aqui jaz a Democracia.

Democraticida. 1. Que pratica assassinato da Democracia. 2. Que ocasiona a morte da Democracia. 3. Que leva à pratica do democraticídio, ou a pensar em praticá-lo.
Democraticídio. 1. Morte da Democracia perpetrado por canalhas no parlamento, na mídia, no judiciário, na PF etc. 2. Golpe de Estado dos sem-votos para assumir na marra o poder não alcançado pelas urnas. 3. Entreguismo desbragado das oligarquias para aniquilar direitos sociais e trabalhistas e, ao mesmo tempo, transferir riquezas do país para estrangeiros a preço de banana ou, até mesmo, de graça.
Exemplos notórios no parlamento: Aécio Neves, Aloysio Nunes, Eduardo Cunha, José Serra, Cristovam Buarque, Roberto Freire, Renan Calheiros, Cunha Lima, Álvaro Dias, Paulo Pereira, Ronaldo Caiado, Agripino Maia, Mendonça Filho, Carlos Sampaio e outros golpistas.
Exemplos notórios na mídia: Globo, Folha, Veja, Estadão e seus rola-bostas.


Confira:




  


Confira também:

Barbárie jurídica, golpe eleitoral e desobediência civil. Por Jeferson Miola
















Nenhum comentário:

Postar um comentário