terça-feira, 21 de junho de 2016

Reunião ministerial com tornozeleiras eletrônicas tem aval da “justiça”



Reunião ministerial com tornozeleiras eletrônicas tem aval da “justiça”


"Justiça": Senhores de bens podem desfilar com suas tornozeleiras sem restrições
Jurisprudência em terras tupiniquins autoriza reunião ministerial com tornozeleiras eletrônicas.
Sinais sonoros do artefato dispararam na reunião desta manhã na sala de homens de bens e causaram constrangimentos entre os presentes, todos portadores do adereço judicial.
Chefe de gabinete teria solicitado em ofício ao fabricante para introduzir um botão de controle de volume ou uma tecla tipo “modo reunião” para não interromper os trabalhos de compras de governadores, com isenções de suas dívidas por largo prazo, e, como contrapartida, convencimento de senadores para sacramentar o golpe.
Como a Suprema Corte preocupa-se apenas com seus vencimentos e abandonou a Constituição do país aos lobos, é notório que o crime compensa mais do que cassinos em Las Vegas.


Confira também:

Parente tem presentes para os EUA. Primeiro mimo é a Petrobrax







Nenhum comentário:

Postar um comentário