sexta-feira, 24 de junho de 2016

Ações sincronizadas entre Moro & Moraes credenciam a dupla para as #OlimpíadasdeGuantánamo



Ações sincronizadas entre Moraes & Moro
credenciam a dupla para as #OlimpíadasdeGuantánamo


Dupla sincronizada: Moro & Moraes ou Mor-Mor

Nado sincronizado?

Olimpíadas tradicionais talvez não interessem à dupla Moro & Moraes.

Ao constatar o tsunami representado pelas delações de Sérgio Machado nas hostes do PMDB, Moraes visitou Moro, fora da agenda, e numa das coincidências do “acaso previsto”, modalidade em que não se guardam aparências para disfarçar os movimentos, o juiz de Guantánamo sacou mais um espetáculo conveniente para tirar de foco Temer e demais parceiros envolvidos em denúncias de grosso calibre.

A farsa sincronizada, tipo teatral no meio jurídico, consiste em lançar mão de quaisquer meios para proteger aqueles que não podem deixar de contar com a isenção da “justiça burguesa”, sob risco de serem execrados nacionalmente.

Conta-se que a dupla, descuidada em guardar mínimos protocolos, recebe o beneplácito da Suprema Corte acovardada, avalista do golpe de Estado (de 1964, de 2016) e indiferente ao estupro perpetrado contra a Constituição pela direita brasileira e seus sócios internacionais.

Medalhas de ouro ao juiz Moro já estariam asseguradas em vários pódios, dada sua precisão em efetuar ações no momento em que o golpe encontra-se em situação periclitante.

Moro, uma fera com petistas, deixa a família Cunha tranquila, sossegada e na manhã. Agradecidos, os Cunhas reconhecem que nunca viram a alardeada bravura de Guantánamo recair sobre seu clã. A bem da verdade, acrescentam que jamais ouviram sequer o miar de Moro. Em reciprocidade, prometem ficar quietos se o combinado for mantido.

Por sua vez, Moraes, também ídolo de setores reacionários, não deixaria de ser homenageado com troféus, pois é a garantia de repressão dura aos movimentos sociais contrariados com a revogação de direitos sociais e trabalhistas previstos assim que o golpe for consolidado na segunda votação no Senado.



P.S. Moraes & Moro, a dupla Mor-Mor que toca no mesmo show, a mesma música, no mesmo dia e no mesmo canal, alega que tudo não passa de absoluta #coincidência.


Confira também:

Brasil quer virar motivo de piada mundial? Temer #JecaFashion lança o uniforme da equipe que entregará as medalhas olímpicas no Rio de Janeiro.

 

Temerlão I reforma significado da bandeira usurpada










Nenhum comentário:

Postar um comentário