sexta-feira, 27 de maio de 2016

Quero colaborar com o Blog do Agenor Bevilacqua Sobrinho






 Quero colaborar com o
Blog do Agenor Bevilacqua Sobrinho


Faremos parcerias e receberemos contribuições que garantam
 — sem jamais interferir — nossa independência editorial.



Brasil, 27 de maio de 2015




Car@s leitores/as,

Sempre trabalhando por uma sociedade mais justa e fraterna, o Blog do Agenor Bevilacqua Sobrinho, desde 29 de abril de 2010, tem procurado cooperar com visão crítica da realidade brasileira no intuito de analisar e combater as imensas desigualdades reinantes em nossa sociedade.

Gostaríamos de convidar aqueles/as que já nos acompanham — e os que se aproximam a cada dia — para contribuir com a continuidade deste espaço de reflexão de maneira a torná-lo ainda mais forte e independente. Como resume nossa epígrafe: Pensar é o canal - Aqui não se cultiva a arte de lamber saliva!

Nossos assinantes permitirão a produção de conteúdos próprios e diversificados, livres da formatação embolorada da grande mídia comprometida com golpes de Estado, retrocessos e a manutenção das desigualdades históricas em nosso país.

Exemplos de trabalhos que você encontra neste espaço:



















Agora, o golpe de Estado aplicado pelos derrotados em quatro eleições presidenciais seguidas, todos sabemos, exigirá maior empenho de tod@s para o restabelecimento da democracia formal e a firme construção de uma democracia social.



Nossos objetivos:

1. Movidos pela ideia de que a esperança não se resume ao ato de esperar, procuramos estreitar cada vez mais os vínculos com quem se compromete com a superação desse momento de estupro da Constituição e de aviltamento das condições de vida de trabalhadores/as, principalmente as decorrentes da revogação de direitos arduamente conquistados.

2. Atentar para os dinâmicos movimentos da realidade a fim de captar com maior precisão tendências e efeitos, antecipando-os para noss@s leitores/as.

3. Ampliar e diversificar as abordagens para possibilitar entendimento mais amplo dos acontecimentos.

4. Produção de entrevistas exclusivas com questionamentos diferenciados.

5. Elaborar material bibliográfico de maior profundidade em edições impressas e/ou digitais.



Trilhar esses caminhos e iniciativas demanda recursos. Financiamento de noss@s leitores/as habituais e dos que identificarem nosso canal como fator de debate, reflexão e ações voltadas para intervir na realidade diagnosticada e transformá-la em direção diversa da orientada pelos coveiros da humanidade.

Faremos parcerias e receberemos contribuições que garantam — sem jamais interferir — nossa independência editorial.

São esses desafios que o Blog do Agenor Bevilacqua Sobrinho se propõe a enfrentar, contando com a solidariedade dos que puderem apoiar a vida que pulsa neste espaço de contestação do neoliberalismo e suas mazelas.

Agradecemos a compreensão e o apoio daqueles/as que puderem dar continuidade ao trabalho aqui desenvolvido.



Nosso contato:

Blog do Agenor Bevilacqua Sobrinho

Dúvidas: (11) 3492-3797

Muito obrigado e ótima leitura.





FORMAS DE COLABORAR COM O BLOG:



a)    Contribuições em dinheiro.

Você indica o valor de sua preferência.

Basta marcar / clicar abaixo a quantia desejada:












b)    Contribuições em dinheiro.

Você escolhe o valor de sua preferência.

Basta depositar na conta corrente abaixo a quantia desejada em nome da Editora  e Produtora Fagulha:

Caixa Econômica Federal
Agência: 1207
Conta:  003 00002641-0

Dúvidas: (11) 3492-3797

 

c)    Adquirindo exemplares do autor.



A Guerra de Yuan


RESUMO: A Guerra de Yuan narra a história de um intrigante personagem do futuro e de um sombrio mundo de autômatos fortemente moldados e cerceados pelos meios de comunicação, cuja função massificadora é claramente ligada à concentração de um poder central nas mãos da Yuan-Mind, empresa que controla as engrenagens do mecanismo totalizante e esmagador de Yuan



RESENHA de A Guerra de Yuan, por Mayumi Denise Senoi Ilari — FFLCH-USP










O Rato Pensador


RESUMO: O Rato Pensador Um rato toma o leite que uma mulher, pobre e desempregada, estava reservando para o filho. O choro do menino e a frustração da mãe enchem o rato de remorsos. Disposto a reparar o erro, ele tenta proporcionar ao garoto o leite de que o havia privado, e acaba chegando a uma série de constatações que transformam seu olhar a respeito das relações sociais e do impacto delas sobre a natureza.



RESENHA de O Rato Pensador, por Maria Sílvia Betti — FFLCH-USP






d)    Comprando cotas de doação dos livros para Bibliotecas Públicas e/ou

Escolas Públicas que temos cadastradas.

Você pode indicar alguma de sua preferência, se quiser.

Basta marcar a quantidade solicitada:



Por exemplo: 05, 10, 15, 20, 30, 50, 100 exemplares de A Guerra de Yuan




Por exemplo: 05, 10, 15, 20, 30, 50, 100 exemplares de O Rato Pensador

Nenhum comentário:

Postar um comentário