segunda-feira, 7 de abril de 2014

Código Fonte do Datafalha é desvendado


Código Fonte do Datafalha é desvendado



Esquema do Datafalha é manjado


Hackers novatos desvendam o Código Fonte do Datafalha.

Ao entenderem que a estatística é uma ciência, mas a estatística conveniente é um negócio, os neófitos invasores de programas detectaram vícios insanáveis na arquitetura alimentadora das planilhas.

Observaram que 400 questões antecediam as perguntas principais e suas variáveis. Imediatamente, como qualquer indivíduo não idiotizado, logo perceberam o nexo causal entre a indução psicológica dos temas indagados e os resultados pretendidos pelos que pediram a “encomenda”.

Como profecia não casa com ciência, os detentores da patente do Datafalha ainda se esforçaram para alegar que o produto “é confiável, pois a empresa proprietária é imparcial, apolítica, apartidária, isenta, democrática, pluralista, livre e sem rabo preso”.

A declaração do preposto do Datafalha disparou gargalhadas generalizadas e intermináveis. Muitos tiveram dores mandibulares agudas decorrentes da piada do degenerado.

Por outro lado, o Dr. Toicinho, CEO do PIG desde 1939, disparou emails e telefonemas para que suas tropas piguianas repetissem ad nauseam a fábula forjada nos laboratórios do Datafalha.

Constatando que apenas incautos caíram na ladainha, o Dr. Toicinho ordenou a potencialização da fórmula do Datafolha: “A técnica é a mesma... Os ingredientes devem ser mais intensos para superar a overdose recorde obtida anteriormente, mas sem os resultados planejados... Dessa vez vai! Anauê!”


Leia também:

A mídia que abraçou a ditadura não faz mea culpa, faz peça publicitária.

Salmo da Rede Globo: do golpe de 1964 até sempre. O golpe é o meu guia, nada me faltará

Relações da Folha de S. Paulo com o regime militar

Somos educados para o analfabetismo econômico. Por: Antonio Lassance

Mercenários

Dr. Toicinho confessa ao bispo segredos sobre assuntos que não aparecem no livro A Privataria Tucana

Nenhum comentário:

Postar um comentário