quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Johnny Saad e Paulo Skaf


Johnny Saad e Paulo Skaf




Johnny Saad, da Rede Bandeirantes, tenta intimidar o prefeito Fernando Haddad.

Paulo Skaf usa dinheiro público do Sistema S para promoção pessoal e campanha eleitoral antecipada.

Johnny tem muitos imóveis e se utiliza de uma concessão pública para defender seus interesses particulares.

Paulo Skaf aparece como benfeitor na luta contra os impostos (CPMF e IPTU).


62 dos 100 maiores contribuintes da CPMF jamais haviam pagado IR – Imposto de Renda. Ou seja, a CPMF pegava os grandes tubarões sonegadores. Não é à toa que a elite econômica e o seu representante na FIESP, Paulo Skaf, se esforçam tanto para demonizar a cobrança do imposto que alcança magnatas.

Johnny Saad e Paulo Skaf estão juntos contra o aumento do IPTU que incidirá principalmente para os que têm alta renda, isentando a periferia pobre. Mas o terrorismo midiático afirma que TODOS serão prejudicados.

Cuidado com essas ladainhas.

Não deixe que os interesses de uma minoria endinheirada prevaleçam. A elite adora dizer que medidas populares “são contrárias aos interesses populares”.

Quando os rentistas se safam de pagar impostos, os porta-vozes do dinheiro grosso anunciam suas trombetas (os oligopólios da mídia) e inventam que foi uma “vitória do povo”.

Não se engane. É a “vitória do povo” do Rolex, da Ferrari, do Fasano etc. Por consequência, é a sua derrota.

Em política, ingênuo útil é aquele que defende interesses antagônicos à sua classe social.

Ser baba-ovo de rico não vai lhe trazer prosperidade, apenas demonstrar seu grau de alienação.


Os ricos adoram convencer os pobres de que o melhor a fazer é obedecer aos interesses dos ricos.


Propostas concretas:

      1)  Ação popular para fazer com que Paulo Skaf seja obrigado a devolver o dinheiro público do Sistema S utilizado para promoção pessoal.

     2) Tribunal Superior Eleitoral tem elementos para impugnar a candidatura de Paulo Skaf por abuso de poder econômico.

     3) As concessões públicas de radio e TV não deveriam ser fonte de enriquecimento. A legislação precisa ser alterada e tornar públicas as emissoras de radio e TV. Chega de concentração de renda e manipulação das informações. A família Marinho já amealhou R$ 50 bilhões. Johnny Saad é proprietário de inúmeros imóveis em São Paulo (daí a grita contra o IPTU).

     4) Exclusividades publicitárias foram concedidas em São Paulo, na administração Kassab, ao grupo de Johnny Saad. Mas São Paulo não pode ser propriedade de poucas pessoas, ainda mais de bens públicos. Uma ação popular pode corrigir essa e outras anomalias.

      5) Vimos que a máfia do ISS foi surpreendida com a ofensiva de Fernando Haddad no combate aos descalabros na cidade. Construtoras, bancos, shoppings estão envolvidos como corruptores. Apoio às medidas saneadoras realizadas pela gestão Haddad é essencial.



Participe da Enquete



Jornais que apoiaram a ditadura militar de 1964, emprestando seus carros para que vítimas do regime fossem levados ao DOI-Codi, onde seriam torturados, devem ser punidos?


Seus donos devem prestar contas à Comissão da Verdade?




Confira também:

62 dos 100 maiores contribuintes da CPMF jamais haviam pagado IR – Imposto de Renda

O maior assalto da História da humanidade: Privataria Tucana + Trensalão

Gênesis de FHC

EXCLUSIVO - #DrToicinho: "PCC - Primeiro Comando do Capital preenche fichas de filiação ao #PSDB desde a fundação tucana."

Mercenários

Dr. Toicinho, CEO do PIG desde 1939, afirma em reunião reservada do Partido da Imprensa Golpista que “crime de José Dirceu é não ser filiado ao PSDB”

As receitas das oligarquias para enganar o povo

Pagar impostos: mais médicos, mais escolas, mais habitação... Sonegar impostos: menos médicos, menos escolas, menos habitação...


Nenhum comentário:

Postar um comentário