domingo, 3 de novembro de 2013

Dossiê “Marxismo e Direito”




Dossiê “Marxismo e Direito”

 Direito?


Blog do Agenor Bevilacqua Sobrinho republica postagem do Dossiê "Marxismo e Direito" do sítio  Marxismo21.org.



Nesta página publicamos textos, vídeos e sites que abordam a questão teórica do direito. O dossiê “Marxismo e Direito” está organizado em oito seções; nas três primeiras são indicados: 1) textos de clássicos do marxismo: Marx, Engels, Korsch, Trostky, Luxemburgo, Liebknecht e Lunacharsky, assim como de juristas soviéticos que procuram sistematizar a crítica marxista do direito, entre os quais se destacam: Pachukanis, Stutchka e Vychinskij; 2) textos de autores e comentadores contemporâneos de vários países, especialmente, de origem latino-americana e 3) contribuições de estudiosos brasileiros. Nas demais partes, divulgamos outros textos que não se fundam sobre pressupostos e categorias marxistas, mas que se orientam por uma perspectiva crítica do direito. São também informados sites de entidades que desempenham um papel progressista na luta ideológica; resenhas de livros relevantes para a discussão da problemática do dossiê; entrevistas, vídeos e áudios e sites de revistas da área de direito que se orientam pela perspectiva marxista e crítica do direito.

Como resultado de um trabalho coletivo, deve-se destacar que este dossiê foi proposto e, inicialmente, organizado por dois pesquisadores, Moisés Alves Soares (SOCIESC) e Ricardo Prestes Pazello (UFPr), vinculados ao Instituto de Pesquisa, Direitos e Movimentos Sociais (IPDMS). A eles somos gratos pela valiosa colaboração na produção deste dossiê cuja responsabilidade editorial é do Comitê Editorial de marxismo21.

Fonte: http://marxismo21.org/



1. Textos clássicos


Andrej Vychinskij, The law of the Soviet State
E. B. Pachukanis, Direito internacional
Karl Marx e Friedrich Engels. Sobre o Direito e o Estado, os juristas e a justiça , E. von Muenchen (org.)
Trotsky, R. Luxemburgo, K. Liebknecht, Lunacharsky e outros, Pequenos ensaios sobre marxismo e direito
P. I. Stutchka, Direito e luta de classes



2. Autores e intérpretes estrangeiros contemporâneos


Bernard Edelman, Direito pela fotografia
Carlos Rivera Lugo, El tiempo del no-derecho
Imre Szabó, Lénine et le droit
José Antonio Veira-Gallo, O sistema jurídico e o socialismo
Julio Fernández Bulté, Teoría del derecho
Riccardo Guastini, Kelsen y Marx


3. Autores e comentadores brasileiros

Alessandra Devulsky da Silva, Edelman: althusserianismo, direito e política
Alexandre Aguiar dos Santos, Direitos humanos e emancipação
Alysson Leandro B. Mascaro, A crítica do estado e do direito
Anderson Bussinger, Américo Gomes, Sergio Oliveira, Direito de classe e revolução socialista: Piotr Stutcka
Celso Kashiura Júnior, Sujeito de Direito e Capitalismo
______________, Poulantzas e o direito
Marcelo Gomes Franco Grillo, “O direito na filosofia de Slavoj Zizek”
Márcio Naves e Celso Kashiura Júnior, Pachukanis e a Teoria Geral do Direito e Marxismo
Marcus Correia e Pablo Biondi, Uma leitura marxista do trabalho doméstico
Paula Loureiro da Cruz, “Alexandra Kollontai – “Marxismo e Feminismo – uma
Thiago Arcanjo de Melo Calheiros, “O direito na obra de Poulantzas”
Vinícius Magalhães Pinheiro, “Cidadania e direito em Galvano Della Volpe”


4. Direito alternativo

Amilton Bueno de Carvalho., A lei, o juiz, o justo.
Edson Pires da Fonseca, O Direito como espaço de lutas


5. Resenhas



6 Sites



7. Vídeos e áudio



8. Pesquisas






Participe da Enquete (no alto, à direita):


Jornais que apoiaram a ditadura militar de 1964, emprestando seus carros para que vítimas do regime fossem levados ao DOI-Codi, onde seriam torturados, devem ser punidos?


Seus donos devem prestar contas à Comissão da Verdade?





Confira também:

Intelectuais têm pavor da revolução

Reitores indicados pelo governador têm legitimidade?

Adusp, entidade representativa dos docente da USP, também está na luta pela redemocratização da USP

As Ciências Sociais contra os Direitos Sociais: O que é isso FFLCH? – Por Jorge Luiz Souto Maior

Rede Globo argentina (Grupo Clarín) sofre dura derrota

Destucanizar

Mercenários


Nenhum comentário:

Postar um comentário