sábado, 6 de outubro de 2012

Resumo da AP-470, vulgo "mensalão", com a utilização da tecla SAP



Resumo da AP-470, vulgo "mensalão", com a utilização da tecla SAP


Instituições preocupadas apenas com a
democracia e a justiça das classes dominantes


Resumo da AP470: Notas taquigráficas das falas do Dr. Toicinho, CEO do PIG desde 1939, de toga.

“O acusado”, conclui o juiz, “teve todas as oportunidades para delinquir. Contava com os instrumentos, e, conforme recomenda a justiça piguiana, não importa se não tivermos evidências e provas concretas de sua culpa, ainda mais porque fizemos esse circo para coincidir com o calendário eleitoral, levando a efeito nosso golpe paraguaio tupiniquim. É claro que partidos ilibados do mensalão mineiro, por sua dignidade irrepreensível, não podem ser expostos ao nosso ritual torquemada, visto e notório serem nossos correligionários, razão pela qual não vamos julgá-los. Nosso olhar será dirigido ao assunto, talvez, quem sabe, algum dia quando, devidamente prescrito, será inofensivo a nossos interesses e, por isso mesmo, esquecido junto com a poeira nos corredores dessa Alta Corte. Mas a justiça exige celeridade e, retomando o que interessa para mitigar nosso desespero e não sofrermos outra derrota acachapante nas urnas dessa gentinha diferenciada, naquelas circunstâncias, segundo iniciamos o texto, o acusado, diga-se de passagem, nosso desafeto, deve ter se sentido tentado, permitindo nossas ilações e suposições, claramente não-lastreadas nos autos —desnecessário, pois são nossos inimigos— de que efetuou aquilo que imaginamos e, sobretudo, combinamos escrever em compartilhamento unha e carne nos editoriais da Veja, da Folha, do Estadão e da Globo.”


Leia também:

Regiane, ex-obreira da IURD, conta como a igreja angaria votos para Russomanno
“Russomanno, este voto não te pertence!"
#FalaQueEuTeEscutoRegiane
 A CASA CAIU, RUSSO!

Credibilidade

Dr. House também leu A Privataria Tucana

CARTA ABERTA - Negrinha, de Monteiro Lobato - Milena Ribeiro Martins

#HaddadPrefeito13 - Vamos terminar de construir essa vitória


Nenhum comentário:

Postar um comentário