segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Datafolha foi para a oficina de estatística, mas não passou no recall #DefeitoDeFabricação #Incorrigível



Datafolha foi para a oficina de estatística, mas não passou no "recall"
#DefeitoDeFabricação
#Incorrigível


EXCLUSIVO: Abrimos o código fonte do Datafolha


Eminentes sociólogos, cientistas políticos, estatísticos e matemáticos fizeram variadas experiências com o Datafolha, enviado para “recall” em virtude de dados imprecisos, distorções e partidarismo exacerbado.

Após minuciosa análise do referido artefato, com os testes de padrão internacional executados,  os doutores da área —por unanimidade— não titubearam em rejeitar o produto da Folha de S. Paulo.

Os “defeitos de fabricação”, também chamados de “falhas de origem do projeto”, eram tantos e tão disseminados, que o laudo assevera a impossibilidade de corrigir tal instrumento, sob o risco de seus proprietários não enxergarem mais utilidade na peça de ficção.

— “Incorrigível!” — Bradaram em uníssono, sem esperanças.

Mas sabe-se que a geringonça, inservível para fins científicos, continuará a ser utilizada para manipulações grosseiras e antidemocráticas.


Leia também:

Russomanno sofre de intenção de voto precoce

Respeito aos direitos humanos. Discriminação contra nordestinos no Twitter. Crime!

Credibilidade

Resumo da AP-470, vulgo "mensalão", com a utilização da tecla SAP


Nenhum comentário:

Postar um comentário