domingo, 5 de agosto de 2012

Domingueiras II - #FarsaDoMensalão


Domingueiras II
#FarsaDoMensalão



Numa tentativa de plagiar especulações e digressões sobre o nada, o rechonchudo PGR produziu sua monumental A farsa do mensalão e o nada a dizer em 50 mil páginas, resumidas em 5 horas, com o sugestivo e esclarecedor subtítulo: Provas não tenho. Mas tenho a coleção completa de Veja e assisto diariamente o JN da Globo, serve?

Cinco horas de nulidades provocaram críticas à atuação do PGR. Alguns afirmam que o problema é o roteiro da Farsa do mensalão. Outros objetam, destacando a performance pífia do protagonista. Mas o mais enfurecido é o Dr. Toicinho, CEO do PIG desde 1939. Pressentindo a derrota, o representante das oligarquias da comunicação confidencia a outro dirigente pigmervaliano (espécie de PIG “imortal”) — em tom de lamúria —  que o último fiapo de esperança se esvai, o Fábrica de crises está com seu casco rompido e José Serra tomará outro porre de Derrotox45.

Mas esses não são os únicos pesadelos a assombrar a seara do Dr. Toicinho. No segundo semestre do ano retornará a CPI do Cachoeira e o CEO piguiano será convocado a dar esclarecimentos sobre a adoção de procedimentos fundamentalistas de ultra Robert Murdochismo em sintonia com o PCC (Primeiro Comando Do Capital). Sem mencionar que a instalação da CPI da Privataria Tucana será a pá de cal na trajetória de homens de bens depositados em paraísos fiscais e outras localidades acolhedoras de crimes financeiros e seus dividendos.

  
Bastidores

1. Antes da grotesca apresentação do PGR, ocorreu o exibicionismo da personalidade autoritária do ministro JB, aflorada com tanta ferocidade que alguns manifestaram publicamente receio sobre comportamento tão agressivo. O sujeito parecia dizer algo como: “Eu prendo e arrebento quem desmembrar esse processo. Só desmembra se for tucano, senão o PIG vai me criticar.” Para ser aceito, JB, antes execrado, agora atua como cristão-novo e é mais realista do que o rei.

2. Aconselhado a parar com a Farsa do mensalão, o PGR não se fez de rogado e não resistiu à ribalta construída com pompas e circunstâncias para o Maior processo da História da galáxia piguiana ou o Plano Cohen 2 ou a Salvação contra o comunismo ateu, versão 666. Convenhamos que os roteiristas do PIG já foram menos medíocres.

3. Sobre o caudaloso trabalho de Sísifo de 50.000 páginas, cujo suor não produziu as provas requeridas, bastaria ao PGR ler A PrivatariaTucana para aprender o que são provas. Todo mundo compreende que um estudante de Direito possa ter “cabulado” aulas de Penal, mas não deixar o MPF em situação deveras vexatória.

4. O PGR, protagonista da #FarsaDoMensalão, admite não ter provas e confessa que apenas leu o roteiro do PIG quando se escondera no carro-forte do mesmo PIG para explicar porque não deu prosseguimento à Operação Vegas, ocasião em que foi acusado de prevaricar.

5. Única prova cabal apresentada pelo PGR foi a da total incompetência. Tempo e dinheiro público para nada. Sem contar o tédio amazônico oferecido em overdose, uma vez que a cantilena toca numa nota só, nessa versão 666, há quase uma década.

6. Alguns sugeriram — de forma maldosa — a concessão do prêmio IgNóbil pelo conjunto da obra: prevaricar, acusar sem provas e ler Veja no STF.

7. Esse blogueiro já desconfiava que a cara amarelada do PGR fosse reflexo das páginas amarelas de Veja, lidas por 5 horas. Todavia, não conhecemos ainda todos os efeitos de anos de exposição a esse material tóxico.

8. Invadir o STF e postar denúncia falsa parece não ter sido uma boa ideia. Ainda mais que, sobre a #PrivatariaTucana, o elemento mantém silêncio absoluto.

9. Além de tudo, o PGR é antiecológico: 50.000 páginas sem provar nada. O Ibama deve exigir uma multa considerável contra mais esse desmatamento sem causa.

10. A bem do serviço público, o PGR deve restituir recursos gastos inutilmente sem constituir provas. #Indeniza.

11. O PGR conseguiu tempo e audiência para fazer com que a montanha parisse algo menor do que um rato. De toda forma, a cria parece tratar-se de um fenômeno rotineiro dos estúdios piguianos,  que se metem a falsificar a realidade, a se comportar como partido político e a encenar essa farsa medíocre que, de grande, só tem o alarde espalhafatoso.

#MostraProvasGurgel


Notas


1. A respeito o estado real do Fábrica de crises, não podemos afirmar com exatidão, pois temos apenas um registro antigo. A situação de hoje pode ser bem menos otimista:

2. Sobre o PCC (Primeiro Comando do Capital), em outra oportunidade noticiamos o encontro de seu celular:

3. A verdade segundo a Folha:

4. A Domingueira I está aqui:

5. O coração e o cérebro da corrupção. Perguntas da terça-feira que cabem todos os dias.
http://agenorbevilacquasobrinho.blogspot.com.br/2012/08/o-coracao-e-o-cerebro-da-corrupcao.html

6. Por favor, querendo encontrar mais alguma coisa de seu interesse, fique à vontade. Esse espaço é seu!


Ps.: Para impeachment de Gilmar Mendes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário