quinta-feira, 9 de agosto de 2012

As contraindicações do colete vencido



As contraindicações do colete vencido



Quando alguém poderoso é protegido se sente tranquilo.

Mas a vida tem reveses, dissabores, contratempos, instabilidades...

O seguro acaba e chega uma hora em que, às vezes, não dá mais para renovar.

A tristeza envolve o corpo e a alma do indivíduo.

O hábito perdido transforma o humor.

Perde a vontade, fica acabrunhado.

As facilidades se distanciam e os tumultos, reinam.

Por essas e outras, que ele não pode autografar determinado livro em que ele é a personagem protagonista e que diz muito a respeito de sua vida e de seus parentes e amigos.

Porque aí a publicação mudaria de gênero: de jornalismo investigativo para autobiografia.




Fadiga de material piguiano

Apesar dos imensos esforços de marketing piguianos no sentido de transformar a Farsa do Mensalão em revanche por suas derrotas políticas, o tiro parece fazer um movimento bumerangue e alvejar os próprios autores do roteiro que imaginavam poder substituir o povo na sua soberania de tomar decisões a respeito dos rumos do Brasil.



Leia também:

Agenda de certo candidato para o 2º semestre de 2012

O coração e o cérebro da corrupção. Perguntas da terça-feira que cabem todos os dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário