domingo, 22 de janeiro de 2012

PIG - Partido da Imprensa Golpista


PIG - Partido da Imprensa Golpista

“Ação da PM no Pinheirinho é para fazer prevalecer
a lei dos ricos e da ordem burguesa. A que interessa!” 

 
Dr. Toicinho, CEO do PIG desde 1939, repele com veemência denúncias de blogueiros sujos que vinculam o monopólio das comunicações no Brasil com a falta de democracia e a manipulação da mídia.

Segundo o executivo piguiano, "a imprensa brasileira é livre, pluralista, sem rabo preso, apartidária, isenta e democrática". 

Indagado sobre a razão de as notícias veiculadas nos veículos da Rede PIG diferirem tanto da realidade, o Dr. Toicinho foi categórico: "Meu filho, realidade é a que nós inventamos. Qualquer realidade, comparada à nossa, não passa de ficção de segunda categoria."

Sobre a violência policial em São José dos Campos, Dr. Toicinho, num raro momento de sinceridade, afirma que “ação da PM no Pinheirinho é para fazer prevalecer a lei dos ricos e da ordem burguesa. A que interessa! Afinal, homens de bens, como o Naji Nahas, devem ser protegidos contra a ralé, essa gente diferenciada”.

Quanto ao PSDB, o partido que promove o apartheid no Brasil, o CEO do PIG foi enfático:

"Nosso partido, ou melhor, o PSDB é um partido sério. Nele, estão nossos amigos. Não temos queixas contra o governador Alckmin, que faz tudo o que ordenamos, quer dizer, o que sugerimos."


Das profundezas dos infernos, Hitler felicita Alckmin pela ação no #Pinheirinho.



#Pinheirinho


Leia também:

PIGedredom - Cobertura total para a famiglia

Imprensa livre, pluralista, sem rabo preso, apartidária, isenta e democrática

Entrevista exclusiva com Dr. Toicinho, CEO do PIG desde 1939

Perguntas sem respostas

Nenhum comentário:

Postar um comentário