quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Estupro? A gente vê por aqui!


Estupro? A gente vê por aqui!



Indigência mental e moral
No zoológico humano global.
Futilidades às mancheias,
Não podiam faltar desonras alheias.

A concessão pública é explorada para ganhar fortuna,
Fraudes, delitos e desgraças da miséria humana.
Ensino não tem vez,
Então banaliza tudo outra vez.

Estupro e desrespeito aos direitos humanos
É regra de sádicos e seus atos debaixo dos panos.
Negociatas e transações com mafiosos
Para garantir boa vida aos gananciosos.

Apoiou a ditadura militar desde o nascedouro
Para poder cobrar juros e dividendos a peso de ouro.
É protagonista da máquina do PIG e de suas ilusões
Para arrancar o que quiser de políticos vendilhões.

Mas até mesmo o João,
Otário de plantão,
Acorda do berço esplêndido e, de forma contundente,
Cobra justiça por não ser demente.

O jogo acabou, Bial.
Chega de au-au, de miau ou escambau,
Basta de imposturas e embromação!
Seu lixo cultural só é comprado por falta de educação.

Um comentário: