terça-feira, 27 de dezembro de 2011

CPI da Privataria Tucana e os Ets


CPI da Privataria Tucana e os Ets




Depois do Natal, segundo diversos relatos, no Brasil inteiro começaram a aparecer inscrições gigantescas em fazendas e chácaras.

A magnitude delas é tão grande e desmedida, que astrônomos disseram que apenas seria possível decifrá-las do espaço.

Nesta manhã, a leitura por satélite demonstrou tratar-se da junção das letras C, P, I.

O Senador Álvaro Dias (PSDB-PR), com apoio entusiástico do PIG (Partido da Imprensa Golpista), recolhe assinaturas de parlamentares de oposição para investigar a intervenção em negócios internos brasileiros por parte de  ETS (Extraterrestres) do Planeta Vermelho.

O Dr. Toicinho, CEO do PIG desde 1939, afirmou que eram “pichações de comunas intergaláticos” e recomendou “a Washington que disparasse artefatos nucleares em direção ao Planeta Vermelho”.

Por outro lado, testemunhas próximas dos acontecimentos disseram que indivíduos, autointitulados “blogueiros sujos”, teriam realizado a façanha para enfrentar o cerco da mídia piguiana, que censura completamente quaisquer notícias sobre o maior escândalo de corrupção da História do Brasil, ou seja, o processo de privatização nos governos de Fernando Henrique Cardoso.

A imprensa internacional começa a se perguntar até quando os conglomerados de comunicação no Brasil conseguirão abafar o caso diante das inúmeras provas apresentadas pelo autor do livro A Privataria Tucana, Amaury Ribeiro Jr., e pelo autor do pedido da CPI da Privataria, deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-SP).


Nenhum comentário:

Postar um comentário