segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Contabilidade da palavra empenhada



Contabilidade da palavra empenhada


Contabilidade e déficit de Ética

Empenhara a palavra reiteradas vezes.
Esperava-se que a decisão não iria flertar com a leniência e a fraude.
Mas o ímpeto pela legalidade e pela ética esmoreceu em poucos minutos.
O discurso silenciou e a prática oportunista procurou ganhar terreno celeremente.

A resistência se manteve.
Entretanto, o dinheiro é o senhor e determina os rumos.
Os apelos para compreender a opção tomada pateticamente se enfileiraram.
Ocas falas, vazia retidão.

Vence a conveniência.
O deus-dinheiro triunfa em mais uma batalha.
Os invertebrados provaram como são repugnantes.
Acreditar em gente desse tipo é rematada tolice.


Nenhum comentário:

Postar um comentário