terça-feira, 31 de maio de 2011

PSDB na rua, no palácio e a maconha



PSDB na rua, no palácio e a maconha


Em razão do fracasso mundial da política repressiva contra as drogas, FHC vai à Globo para dizer o contrário do que a polícia comandada pelo PSDB faz com manifestantes que reclamam o direito defendido na tv por FHC, mas negado na rua pela polícia de SP, sob ordens do PSDB, que tem seu líder, FHC, reconhecendo, no PIG, a necessidade de se rever as proibições, mantidas pelo governo do PSDB, cujo líder FHC posa de progressista na mídia, porém o PSDB, ignorando a voz de seu guia, distribui fartamente bombas de gás lacrimogêneo e bordoadas nos que se pronunciam pela legalização, que exaltada na tv, por cacique do PSDB, não é apologia a uma audiência de milhões de pessoas, contudo, basta não ser do PSDB que a apologia é absoluta quando se diz algo nas ruas para duas mil pessoas ou trezentas, número da estimativa da polícia.

Resumindo: alguém protegido pelo PIG "disserta" sobre a erva e suas implicações psicossociais; um zé-ninguém fazer loas a erva, para o PIG, é incitar ao mau comportamento, à degeneração da família e dos bons costumes. Sabemos as consequências das transgressões para quem comete crimes sendo do andar de baixo da sociedade.


#Baseado45 


Um comentário:

  1. É o fim!
    Quero saber da cerveja, que agora é merchandising na novela global! Como é que fica?
    Exagerando, o álcool mata.
    Alcool mata sim, mata especialmente os que estáo no caminho do beberráo apoiado pela mídia.
    Onde já se viu? As propagandas de cerveja estão sendo veiculadas na maior cara de pau,
    sugerindo que o cidadáo é um nada se náo encher bem a cara.
    Náo faz sexo, náo canta ninguém, é um frouxo.
    E ninguém faz nada para impedir a lavagem cerebral que está sendo feita pela mídia
    a preços altíssimos, diga-se. Porque a mídia da Globo é CARA. MUITO CARA.

    Eu estou estupefata. Matam nossos ambientalistas e ninguém faz nada. Tá tudo errado nessa mídia.

    ResponderExcluir