quarta-feira, 9 de março de 2011

Texto base de Leão Tolstói: "De quanta terra um homem precisa?". Queila Rodrigues



Leão Tolstói



QUEILA RODRIGUES - queila.rodrigues@yahoo.com.br

Texto base de Leão Tolstói: "De quanta terra um homem precisa?"


Ironicamente inviável?

Eis o Movimento...
Ele está aí...
Lutando!
Lutando por aquilo que ainda não pôde conseguir.

Quebram tudo por onde passam...Invadem propriedades impróprias...Mas que absurdo essa gente!!! Sempre tentando se apropriar de terras alheias. Não vêem que não lhes pertence? Que é falta de educação ocupar o que é dos outros? Ora, ora! Esse povo não tem mesmo bons modos...Etiqueta. Precisam manter-se longe...Precisamos mantê-los longe...Bem longe. Vamos, me ajudem!!! Chamem a polícia, a tropa de choque, o exército, o Jornal Nacional...Ué, alguém precisa registrar isso...Informar a população, o mundo...O mundo precisa saber como essas pessoas são!

Ou será que não são?
Pensando bem, parece que estão tentando ser.
Existir.

Ah! Mas e porque não vão existir em outro lugar? Que idéia é essa de querer existir justo aqui...No que é meu? Como não? É meu sim! Meu bisavô passou pro meu avô, que passou pro meu pai, que passou pra mim. Então é meu, oras! E ponto. E não tem conversa. E outra, quem vier com esse papo de discutir sobre... Eu vou por pra fora mesmo!!! Quer saber, deixa isso pra lá, tenho mais o que fazer. Negócios. Se tudo der certo, e vai dar porque o meu Deputadíssimo amigo garantiu...Bem, se tudo der certo...Não. Melhor não divulgar...Certas notícias a gente dá em horário nobre. Ô, Alziraaaaa!!! Liga pro filho do Dr. Roberto, pergunta quanto ele cobra pra soltar outra notinha pra mim...

Enquanto isso...
Na sala de injustiça...

Quando a voz da consciência cala,
a voz da inconsciência fala,
o senso, é comum.
E a casa, que sempre disseram ser engraçada,
continua sem chão, sem parede, sem teto, sem nada...

Mas...
Eis o Movimento...
Ele está aí...
Em Movimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário