quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Morte imediata a todas as ditaduras: Iêmen, Arábia Saudita, Líbia, Coréia do Norte etc.




Morte imediata a todas as ditaduras: Iêmen, Arábia Saudita, Líbia, Coréia do Norte etc.


As ditaduras se apropriam de nossas vidas e sugam a liberdade.

Como os mitos, elas criam chicotes psicológicos que hipnotizam por anos, às vezes décadas, grandes contingentes da população.

Ao censurar a informação e reprimir intensamente quaisquer iniciativas de organização popular, elas acreditam derrotar o desejo de liberdade das pessoas.

Apesar das barbaridades perpetradas por generais/civis que escarnecem das necessidades laborais e de bem-estar das mais variadas etnias, sempre há um movimento clandestino na sociedade com o objetivo de derrubar a opressão e extinguir as desgraças que a acompanham.

As misérias e outras pragas fomentadas pelos ditadores devem ser nocauteadas diariamente, pois são múltiplas.

As ferramentas a ser utilizadas para combatê-los também podem ser variadas: redes sociais virtuais e físicas orquestradas podem pôr abaixo as montanhas de déspotas que infelicitam o ser humano.

A luta pela liberdade precisa de um combatente em cada canto do planeta.



Nenhum comentário:

Postar um comentário