quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Que queres?




Que queres?


Que queres?

Que meus olhos mudem de cor?

Que meus ouvidos não ouçam?

Que minha voz não grite?

Que meu coração não bata?

Que minhas mãos não se mexam?

Que meus braços se tornem pedras?

Que minhas pernas não me transportem?

Que meus dias não tenham luz?

Que minhas noites não tenham estrelas?

Que me falte ar?

Que transfigure meu ser?

Que eu não seja?

Que tenha outra personalidade?

Que as músicas não sejam melodiosas?

Que a dança não tenha ritmo?

Que o sol não brilhe mais quando o admiro?

Que a água não sacie minha sede?

Que todo cansaço seja pouco para mim?

Que...?

Não queiras...

O impossível é mais fácil de ser alcançado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário