quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Monopólio das oligarquias da comunicação


Monopólio das oligarquias da comunicação


Se dependesse do monopólio das oligarquias da comunicação:


Seria reinstalada a escravidão no Brasil;

A ditadura militar eternizar-se-ia (não é, PIG?);

O salário mínimo convertido a menos da metade;

As férias revogadas de chofre;

O 13º salário não existiria;

As conquistas sociais transformadas em peças de museu;

Avanços dos trabalhadores, apenas ficção.


Serra seria presidente;

Os pedágios iriam fazer o Brasil progredir (segundo a elite);

A jornada diária de trabalho possivelmente dobraria;

As escolas públicas privatizadas;

E quem não tivesse dinheiro para a saúde, morreria.


Petrobras, CEF e Banco do Brasil iriam para o mercado santificado;

Para o povo, restaria banana. Podre!


Ainda bem que existem os blogueiros progressistas, que levantam barricadas contra a intolerância, o obscurantismo e os preconceitos dos proprietários da mídia reacionária e seus representantes / representados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário