sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Fala de um trabalhador a um médico – Bertolt Brecht








Fala de um trabalhador a um médico – Bertolt Brecht


Sabemos o que nos deixa doentes!

Quando adoecemos, dizem

Que é você quem cura.


Sabemos que você

Durantes dez longos anos

Aprendeu a curar

Em belas escolas mantidas

Com o dinheiro do povo, e para esse

conhecimento

Despendeu-se todo um patrimônio.

Você é decerto capaz de curar.


Você é capaz de curar?


Quando o consultamos,

Nossos trapos são rasgados

E você nos examina o corpo nu.

Uma espiada em nossos trapos

Diria mais

Sobre a causa da doença. Uma mesma

causa

Corrói nosso corpo e nossa roupa.


O reumatismo de nossos ombros,

Diz você, é causado pela umidade,

Causadora também de uma mancha

em nossas casas.

Diga-nos portanto:

De onde vem a umidade?


Trabalho de mais e comida de menos

Fazem-nos débeis e magros.

Diz a sua receita:

Vocês precisam engordar.

Do mesmo modo você poderia dizer ao

junco

Que não devia se molhar.

Quanto tempo terá para se ocupar de nós?

Logo vemos: um tapete em sua casa

Custa tanto quanto o que recebe

Por cinco mil consultas.


Você provavelmente dirá que

Não tem culpa. A mancha úmida

Na parede de nossas casas

Não diz outra coisa.


Tradução de Tércio Redondo, In Traulito, n. 2, Julho/Agosto de 2010, p. 13.



Nenhum comentário:

Postar um comentário