terça-feira, 19 de outubro de 2010

Discurso de Leonardo Boff e Chico Buarque no ato de intelectuais e artistas (18 de outubro)


Discurso de Leonardo Boff e Chico Buarque

no ato de intelectuais e artistas (18 de outubro)








Depoimento de Chico Buarque (18 de outubro)







“Venho aqui reiterar meu apoio entusiasmado à campanha da Dilma, essa mulher de fibra, que já passou por tudo, não tem medo de nada. Vai herdar o senso de justiça social, um marco do governo Lula, um governo que não corteja os poderosos de sempre, não despreza os sem-terra, os professores e os garis”.

“A forma de Lula governar é diferente. O Brasil que queremos não fala fino com Washington e nem grosso com Bolívia e Paraguai. Por isso, é ouvido e respeitado no mundo todo”.

E brincou: “Nunca antes na História desse país houve algo assim".

Aplausos e risos.

“É Dilma, é Dilma sim/ porque eu não penso só em mim!”




Depoimento de Leonardo Boff (18 de outubro)










Artistas e intelectuais com Dilma (18 de outubro)






Nenhum comentário:

Postar um comentário