domingo, 22 de agosto de 2010

Ainda não é hora de correr para o abraço



Ainda não é hora de correr para o abraço.

Muito bem lembrado.

A luta continua até o fechamento da última urna. Para cantar vitória é preciso lutar constantemente por ela.

Vamos continuar de mangas arregaçadas para derrotar o candidato do conservadorismo e dos reacionários e eleger Dilma, a primeira Presidenta do Brasil.



Nenhum comentário:

Postar um comentário