quinta-feira, 3 de junho de 2010

Serra não é doce, inventa dossiê.


Serra não é doce, inventa dossiê.

Está perdendo, liga pra Veja.

Não se conforma, chama o FHC.

Cai mais, entra em parafuso.

Suplica ao Aécio, este não o quer.

Apela ao Tasso, idem.

Serra não aglutina, só constrange.

A antipatia bicuda apela ao PIG, mas a povo os rejeita.

Serra: encerra a carreira melancolicamente, como porta-voz da direita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário